Mantenedor
BRASIL. SP .
Clique aqui para baixar o Flash Player

Vai quadruplicar em 2020 o número de Refugiados do clima em todo o planeta...

   NOTÍCIAS   |  ARQUIVO   |  CONVÊNIOS  |  METEOROLOGIA  |  NOSSAS OPERAÇÕES   |  SEQUESTROS
D e s t a q u e s

Ficção X Realidade
Globo Reporter
14 de Maio de 2006
5 anos depois da tragédia que abalou o mundo

A proposta a FHC em 04.04.2001
Compromisso de FHC em executar contra partida da FCCC, antecipam período chuvoso.
FCCC auxiliou a Argentina na crise energética de 1989.

 

 

 
 
 
 
 
 
Índice de notícias »
Clique aqui para retornar às notícias de 2010
Publicações de 2003
 

O Globo
Rio de Janeiro, 30 de Novembro de 2003

Chuva inunda,causa desabamentos e mata 7

Estado tem déz municipios em situação de emergencia, 7 deles na Baixada Flumimense, a Região mais atingida. A chuva que caiu durante a madrugada e o inicio da manhã de ontem(29) provocou inundações e desabamentos na Região Metropolitana do Rio, principalmente na Baixada Fluminense. Caxias tem 2 mil desalojados e 300 desabrigados.

Jornal de Brasilia
Brasilia DF, 15 de Outubro de 2003

Sai de baixo

A Fundação Cacique Cobra Coral, da médium Adelaide Scritori, alerta: Até agora choveu apenas 1% do que se prevê para 2003, no Rio de Janeiro...

Jornal do Brasil
Rio de Janeiro, 06 de Outubro de 2003

Último recurso

A Fundação Cacique Cobra Coral foi acionada pela Defesa civil do Paraná, na noite de sábado, para dar uma ajudinha na busca aos corpos do deputado José Carlos Martinez e seus amigos, vitimas do desastre com um monomotor.Presidente da entidade, a médium Adelaide Scritori tomou um avião ontem cedinho. E trabalhou horas para reduzir a nebulosidade que impedia o trabalho dos bombeiros.
NF: Após a localizaçao da aeronave, a FCCC iniciou outra operação para levar toda a umidade do Sul para SP,(ao inves de dissipa-la para o oceano), para minimizar efeitos de um racionamento de agua em SP.

 

Agencia Brasil
Curitiba(PR), 10 de Maio de 2003

Mau tempo dificulta busca a monomotor

Mesmo com o reforço de dois helicópteros e um avião Bandeirante,estão bastante limitadas as operações de busca ao monomotor que desapareceu ontem na região da Serra do Mar entre Paraná e Santa Catarina,levando o presidente do PTB, deputado José Carlos Martinez. O problema, segundo a Aeronáutica, é que o tempo continua bastante fechado e o teto,baixo. Estas condições limitam a capacidade das aeronaves.

 

 

Revista ISTOÉ DINHEIRO
Quarta-feira, 27 de Agosto de 2003

O MAGO E A MÉDIUM

O escritor Paulo Coelho tem nova atividade. Ele assumiu a vice-presidência da Fundação Cacique Cobra Coral, da médium Adelaide Scritori, que diz ser capaz de fazer previsões meteorológicas e até mudanças climáticas.

Coelho fará contatos com autoridades da Europa e a primeira missão do mago é levar chuva ao continente castigado pelos incêndios. Para acessar o lnk da integra clique aqui.


Operação Europa em Chamas

Esta operação começou como uma simples força-tarefa para ajudar os agricultores de Tarbes - sul da França, vitimados pela onda de calor que assolou a Europa neste verão. Em seus primórdios, foi necessário identificar o que estava causando o fenômeno anômalo.
Investigando a causa, cheguei à conclusão de que havia um intenso bloqueio no Atlântico Norte, que manteve as perturbações afastadas do continente europeu, mas atuando sobre o leste norte-americano.

Em julho e em agosto as perturbações estavam passando muito ao norte (60 N). O anticiclone dos Açores estava muito amplo e deslocado, inibindo pela descida do ar de 10000 m para a superfície, toda e qualquer formação de nebulosidade.
Com o início das atividades, a operação conseguiu que algumas primeiras trovoadas isoladas nas montanhas vizinhas a Tarbes, amenizassem a situação. Dentro da primeira semana, aconteceram que as perturbações foram furando o bloqueio aos poucos e a nebulosidade foi voltando vindo da Inglaterra.
As chuvas foram ocorrendo com mais freqüência e na segunda semana, Tarbes foi bastante beneficiada. Na terceira semana as precipitações ocorreram desde o norte de Portugal, de Espanha e sul de França. Nesta altura a operação foi estendida para a Europa. Mas como a Europa é um continente muito heterogêneo, as suas diversas partes exigiam uma
operação diferenciada a mais longo prazo, para evitar que beneficiasse uns e prejudicasse outros de quaisquer dos países. Por exemplo, se chovesse demais em região vinícola, poderia prejudicar a maturação das uvas de boa qualidade favorecidas pelo calor. Se chovesse de menos, poderia por outro lado manter a temperatura por demais elevada e causar danos à saúde pública.
Mas na quarta semana a situação voltou à normalidade e as perturbações chegaram em maior número, dando início a esperada estação chuvosa de outono, antecipadamente.
Em suma, a operação conseguiu agradar a todos e obteve um sucesso positivo tal que só mesmo uma Entidade Maior como Cacique Cobra Coral, poderia comandar.

Eu só queria chamar a atenção para um artigo que você, Sra, Adelaide Scritori Santos me enviou, falando sobre o Projeto Haarp, executado pelo Pentágono.
Uma das conseqüências mais nefastas é o descontrole total dos cientistas envolvidos, quanto as conseqüências imediatas do bombardeio de íons e ondas curtas e microondas à Ionosfera terrestre. Esta camada da atmosfera reflete tudo de volta para a superfície e causa desde terremotos a secas calamitosas em alguns lugares a furacões e tempestades em outros, em torno do Polo Norte, pois o laboratório está localizado no Alasca.
Suspeito que a seca e calor da Europa foram causados por experimentos
descontrolados. Segundo o artigo, o Pentágono tem o poder político externo de manter uma guerra de nervos entre os "aliados" sob a argumentação de ter em posse uma "arma" limpa superior a qualquer arsenal nuclear existente.

O bombardeio eletrônico da Ionosfera pode ser usado como uma super-arma.
Estas últimas conclusões podem ser levadas como hipóteses, esperando confirmação.
Mas, pode haver um fundo verdadeiro, pois a história recente americana está repleta de fatos vergonhosos.

Cordialmente,

Prof. Luiz Fernando de Mattos.
Vice Diretor Tecnico-Cientifico da www.fccc.org.br


Relatório da 1/a fase da "Operaçao Europa em chamas"

No dia 06 de agosto de 2003, devido à situação de calamidade na Europa, causada pelas severas estiagem e altas temperaturas, enviei um e-mail para esta FCCC, contendo as seguintes sugestões:

A operação França começou pela localidade de Tarbes no sudoeste da França, conhecida por sua atividade agrícola. Como a Europa está localizada em latitudes médias do Hemisfério Norte, o seu clima é muito afetado por perturbações atmosféricas que viajam em torno da Terra, empurradas pelas correntes de jato, localizadas em altos níveis, a 10.000 metros de altura. A posição climatológica normal para o verão europeu destas correntes de jato em 50 N permitem produzir chuvas leves passageiras na França, suficientes para amenizar o calor e a baixa umidade, sem prejuízo portanto da colheita de outono. Este atual verão francês está sendo extremamente anômalo, com seca e temperaturas elevadas. A causa principal desta anomalia é a situação de bloqueio no Atlântico Norte impedindo as perturbações atingirem o continente europeu.
As perturbações estão retidas no leste da América do Norte, o anticiclone dos Açores estando dominando a Europa e as correntes de jato ao norte de 60 N fazem persistir a seca/calor.

A solução é desbloquear a circulação no leste da América do Norte, fazendo com que as correntes de jato retornem a sua posição normal a 45 N, para depois chegar a Europa na posição 50 N. Não havia melhoria prevista para a situação do dia 06 de agosto, nos próximos dez dias. A pouca chuva prevista é só para áreas isoladas nas montanhas da França. No dia 07 de agosto, para Tarbes a situacao estava bem parecida a Paris, só que haveria algumas trovoadas isoladas dia 08 e daí a 8 dias, sem amenizar o calor e estiagem. O bloqueio atmosferico é de grande escala e cobre toda a Europa.

No dia 12 de agosto, quando do início da terceira fase da operação França, já se sabia que o tempo iria mudar em Tarbes no fim-de semana, dias 15, 16 e 17 com chuvas a partir do norte da França. Na data de hoje 19 de agosto, podemos verificar pela série de imagens de
satélite Meteosat, que o bloqueio foi desfeito e o tempo mudou em toda a Europa, neste final de semana A situação em Tarbes e no sul da França melhorou com a tempestade de domingo 17/08/2003.

No Atlântico Norte o anticiclone dos Açores perde força e as correntes de jato estão normalizadas. De agora em diante para que a situação melhore ainda mais para a Europa como um todo, deve-se fazer com que as perturbações continuem fluindo normalmente e chegando com regularidade, desde Portugal até a Noruega.
A operação França foi um sucesso. Parabéns pelo êxito, agradeço ao nosso querido Cacique Cobra Coral.

Cordialmente,

Prof. Luiz Fernando de Mattos.
Vice Diretor Tecnico-Cientifico da www.fccc.org.br


Relatório da 2/a fase da "Operaçao Europa em chamas"

O bloqueio do qual eu falei estah se desfazendo no Atlantico Norte, com a chegada de perturbacoes na area das ilhas dos Acores. Em altos niveis a 5000 m de altura jah se pode notar a curvatura dos ventos ao sul de 45N.

Esta perturbacao viaja para a Europa e na sexta-feira, 15 de agosto trarah chuvas para o norte da Franca. A partir daih, a chuva chegarah a Tarbes, com trovoadas no fim-de-semana. O anticiclone responsavel pela seca/temperatura elevada voltarah para o Atlantico ateh sexta-feira.

Cordialmente,

Prof. Luiz Fernando de Mattos.
Vice Diretor Tecnico-Científico da www.fccc.org.br

Jornal do Brasil
Rio de Janeiro, 11 de Agosto de 2003

Coluna Márcia Peltier-Caderno B-Com Márcia Bahia

Céu de brigadeiro

Acostumada a acionar forças espirituais para afastar o mau tempo, a presidente da Fundação Cacique Cobra Coral, a médium Adelaide Scritori, ganhou um presentão de uma empresa de commodities, no dia do seu níver,semana passada:um Ecosport Okm com a placa personalizada com as iniciais da fundaçao,CCC, e o n/0 0308,equivalente ao dia e mês de seu nascimento.

Jornal de Brasilia
Brasilia(DF), 08 de Agosto de 2003

Coluna Cláudio Humberto

Canicula

A médium Adelaide Scritori,presidente da fundação Cacique Cobra Coral está em Paris, ajudando a combater a seca, a pior em cinquenta anos. Ela garante chuvas nos próximos dias.

Jornal O Dia
Rio de Janeiro, 28 de Junho de 2003

Coluna Cláudio Humberto

Fala com Deus

Vai se agravar a seca no Sudeste, alerta a médium Adelaide Scritori,presidente da Fundação Cacique Cobra Coral.E adverte a equipe economica: Seca combina com alta de preços e inflação.

A Noticia
Joinville SC, 21 de Junho de 2003

Coluna Raul Sartori

Trovão

O deputado estadual Celestino Secco(PP) vai ter companhia ilustre nas próximas reuniões da Fundaçao Cacique Cobra Coral,conhecida organizaçao cientifico-esotérica comandada pela médium Adelaide Scritori,especializada na alteraçao de fenômenos climáticos, da qual é vice-presidente. Ao seu lado estará agora outro numero dois, o mago Paulo Coelho,que vai participar das suas decisões.

Jornal do Brasil
Rio de Janeiro, 20 de Junho de 2003

Coluna Márcia Peltier-Caderno B-Com Márcia Bahia

Senhor do tempo

O mago Paulo Coelho é agora o n/0 2 da Fundaçao Cacique Cobra Coral, a entidade esotérica-cientifica especializada em promover alteraçoes climáticas. O imortal vai participar das decisões da fundaçao - que continua tendo a frente a médium Adelaide Scritori - principalmente por e-mail, porque sua agenda de escritor internacional nao permite que ele passe muito tempo no Brasil.

O Globo
Bagdá, 26 de marco de 2003

A guerra de Bush

Tempestade de areia contém avanço americano no Iraque

No mesmo dia em que abriram frentes decisivas de ataques por terra e ar, as forças militares dos EUA foram freadas por violentas tempestades de areia. A tempestade de areia que começou de madrugada e se intensificou ao longo do dia, reduziu a visibilidade a poucos metros,obrigando helicópteros a suspender vôos e paralizando comboios. No inicio da noite, choveu em parte do deserto,uma ocorrência rara,que não vai trazer necessariamente alívio aos soldados.
A tempestade não nos deixa ir a lugar algum.Em Bagdá, o vento tambem fez subir areia,deixando o céu coberto de nevoa e reduzindo a temperatura.

Jornal de Brasilia
Brasilia DF, 22 de marco de 2003

Coluna Cláudio Humberto

Conexão mediúnica

Que a CIA não nos leia: a médium Adelaide Scritori jura que Saddam está vivo e até falou com ela após orientaçao de mudar de abrigo. A Fundaçao Cacique Cobra Coral informa que substitui centrais meteorológicas destruidas pelos EUA e diz manter contato com o presidente do Iraque desde a Guerra do Golfo.

AGENCIA REUTERS
Norte do Kuweit, 19 de marco de 2003

Por Andrew Gray

Tempestade de areia diminui visibilidades na fronteira iraquiana

Uma forte tempestade de areia em partes do deserto do kuweit diminuiu na quarta feira a visibilidade de algumas das forças dos Estados Unidos preparadas para invadir o Iraque para apenas alguns metros.Bagdá, a 500 km ao noroste,também está encoberta por poeira.
Ao diminuir a visibilidade e atingir os olhos dos soldados e o equipamento de alta tecnologia, uma tempestade de areia pode adiar uma açao terrestre,disseram oficiais dos EUA. A tempestade de areia atingiu Bagdá menos de um dia antes do dos fim do últimato dos EUA a Saddam Hussein. Novas tempestades poderão limitar a capacidade de precisão em bombardeios. não é possivel ver céu azul em partes do deserto kuweitiano. Os ventos atingem mais de 60 km por hora.

Jornal do Brasil
Rio de Janeiro, 18 de marco de 2003

Coluna Márcia Peltier-Caderno B-Com Márcia Bahia

Quem viver, verá

Por esta o presidente George Bush nao podia esperar:a médium Adelaide Scritori,presidente da Fundaçao Cacique Cobra Coral, revelou que o espirito do Cacique está muito irritado com a intenção do presidente Bush em promover um genocídio no Iraque. por e-mail,ela avisou à Casa Branca: os Estados Unidos e seus aliados enfretarão uma tempestade no deserto de proporções tenebrosas. E mais:os Americanos irão precisar de ajuda internacional para a reconstruçao da California, pois a tão anunciada movimentação das placas tectônicas finalmente acontecerá.

O Estado de S.Paulo
São Paulo, 14 de marco de 2003

Internacional-Temperatura começa a subir no deserto

Calor já afeta soldados dos EUA no Golfo

CIDADE DO KUWAIT - A temperatura começou a subir rapidamente esta semana no deserto Kuwaitiano, levando os comandates militares dos EUA a alertarem os soldados sobre os cuidados para evitar a exaustão provocada pelo calor.
Na noite de quarta feira e madrugada de ontem as tropas americanas e britanicas foram surpreendidas por uma tempestade de areia de cerca de cinco horas, que reduziu a visibilidade a zero e deixou muitos soldados com os olhos e a garganta irritados. A areia abrasiva pode prejudicar o funcionamento de armas, computadores e motores de helicópteros entre outros equipamentos.

Informe FCCC
São Paulo, 08 de marco de 2003

FCCC ameaça Bush com tempestade e alerta sobre tremor

A médium Adelaide Scritori,presidente da Fundaçao Cacique Cobra Coral - entidade esotérica-cientifica, especializada em alterações climáticas - disse que o espirito do Cacique Cobra Coral ficou muito contrariado com a intenção do presidente George W.Bush em promover um genocidio no Iraque. Ela mandou um recado a Bush:Os USA e seus aliados verão o que é de fato uma tempestade no deserto, com muito calor em pleno inverno e tempestades. Segundo a médium, muito em breve os USA vão precisar da ajuda internacional para reconstrucão da california, devido as placas tectonicas em movimentaçao...

O Dia
Rio de Janeiro, 01 de marco de 2003

Coluna Lú Lacerda - Caderno D

Cobra Coral abre sub sede no Rio

A partir de agora, Cesar Maia terá a médium Adelaide Scritori, em quem é viciado, mais perto ainda. Aliás,a prefeitura carioca tem até um convênio com a Fundação Cacique Cobra Coral(FCCC),entidade esóterica-cientifica,presidida por Adelaide.A FCCC tem,a partir de hoje, um apartamento na lagoa para fazer as alteraçoes climáticas direto na cidade. Durante o carnaval, por exemplo, já está mais do que acertado, não vai chover uma gota no Rio.

Jornal de Brasilia
Brasilia DF, 28 de Janeiro de 2003

Coluna Cláudio Humberto

Chuvas e Trovoadas

A médium Adelaide Scritori suspendeu dia 24 o convênio da Fundação Cobra Coral com a GeoRio, que não enviou os prometidos relatórios de prevençao contra chuvas. Não há preocupaçao com as àreas de risco, acusa a médium, que nào mais se responsabiliza pelo aguaceiro que inunda o Rio.

A Noticia
Joinville SC, 15 de Janeiro de 2003

Coluna Raul Sartori

Tempo Bom

Quem circulou ontem por gabinetes oficiais em Florianópolis foi a conhecida médium Adelaide Scritori, lider espiritual da Fundaçao Cacique Cobra Coral, que veio tratar com a nova administraçao os convênios da entidade com o estado. Embora renovados no final do governo Amin e vigentes, a FCCC quer uma manifestaçao oficial quanto a sua continuidade, sem ônus. Os convênios vêm sendo renovados desde o governo Pedro Ivo Campos. Adelaide vai tambem ao Rio Grande do Sul e depois retorna à sua base em Guarulhos(SP),de onde a FCCC atende 17 paises em três continentes.

Jornal do Brasil
Rio de Janeiro, 03 de Janeiro de 2003

Coluna Márcia Peltier-Caderno B

Bis de Paris

Este foi o segundo fim ano consecutivo que a médium Adelaide Scritori,presidente da fundaçao Cacique Cobra Coral,controlou o clima do Rio direto de Paris, com a ajuda do seu mentor espiritual, o Cacique Cobra Coral, a pedido de empresários do setor turistico. Ela afirma que não só conseguiu afastar as nuvens de chuvas do réveillon carioca como, em visita à Gruta de Lourdes, na França, na companhia do casal Paulo Coelho, surpreendeu o mago com um céu de brigadeiro, na região habitualmente chuvosa.

O Globo
Rio de Janeiro, 02 de Janeiro de 2003

Editoria Rio-Prefeito em linha direta com o Deus do vento

Cesar maia diz que pediu para desviar frente fria da cidade

Os cariocas e os turistas que passsaram o réveillon no Rio já tem a quem agradecer pelo céu de brigadeiro que marcou a passagem de ano na cidade:ao prefeito Cesar Maia. Um ano após afirmar que processaria o previsor Luiz Carlos Austin, do Instituto Nacional de Meteorologia que não acertou a previsão da passagem de 2001 para 2002, Cesar Maia preferiu fazer um acordo com os deuses.
Pelo acordo, como contou o próprio prefeito, bastaria ele não aparecer em fotos de jornais ou na televisão para que a açao dos ventos desviasse a frente fria, prevista por meteorologistas. Não se sabe ao certo se Cesar Maia apelou diretamente para Eolos,Zéfiro, Vayu ou Shima-tsu-hiko(alguns dos nomes do Deus do Vento) em diferentes culturas),mas o fato é que nenhuma frente fria se atreveu a estragar o réveillon da cidade.
Boletins diários da Fundaçao Cacique Cobra Coral:
Aliás o prefeito, que já pediu sorvete em açougue,
e tem o hábito de usar casaco no verão(seguindo a sabedoria dos beduinos), parece está vivendo sua fase mistica desde que em Dezembro passado, passou a receber boletins diários sobre a previsão do tempo da Fundaçao Cacique Cobra Coral(FCCC). Ele explicou porque este ano não vai levar a justiça os meteorologistas que erraram a previsão:
Não será necessário pois tive a proteçao do Cacique Cobra Coral que mudou o rumo dos ventos e assumi com os deuses um compromisso de nao aparecer em jornais e Tvs para acentuar a açao dos ventos e desviar a frente fria.

 

EXTRA
Rio de Janeiro, 02 de Janeiro de 2003

Geral - César diz que fez pacto com Deuses

Segundo prefeito do Rio,Cacique garantiu comemoração sem chuva

Uma promessa ao Cacique Cobra Coral garantiu o bom tempo e o céu estrelado no Rio na noite de réveillon. Pelo menos é o que afirma o prefeito Cesar Maia. Ele disse ter assumido com os deuses o compromisso de não aparecer em fotos,jornais e Tvs na festa de fim de ano. Em troca,segundo Cesar Maia, os deuses dariam o brilho da festa.
Para o prefeito do Rio,como a promessa foi cumprida, ele não precisará processar os meteorologistas do Instituto Nacional de Meteorologia(Inmet),conforme ameaçou fazer no último ano.
-Desta vez não será necessário pois tive a proteçao do Cacique Cobra Coral, que mudou o rumo dos ventos. eu assumi com os deuses um compromisso de não aparecer neste réveillon em fotos,jornais e Tvs para auxiliar a açao dos ventos e desviar a frente fria. Tudo deu certo - disse Cesar Maia, satisfeito com o resultado do pacto.
Todos os dias, o prefeito recebe os boletins climáticos da Fundação Cacique Cobra Coral que, há 52 anos afirma reunir poderes espirituais para alterar as condições climáticas. A fundaçao ficou conhecida em setembro de 2001, quando previu que os EUA seriam "atacados pelo ar".

NF:A FCCC ficou conhecida da midia em 87, após ter sido 1/a pagina dos jornais The Guardian e Daily Telegraph,quando em 14.01.87,a pedido do Palácio de Buckinghan, inteferiu nas condiçoes atmoféricas, elevando em 24 hs as temperturas de -30 para -1 em Londres...

 
Acesse o índice de publicações e veja as notícias de 2008 à 2000
Copyright © 2010. Fundação Cacique Cobra Coral - www.fccc.org.br.  |  Política de privacidade
Todas as imagens inclusas neste site foram gentilmente cedidas pela Editora Três.
AS OPERAÇÕES DA FCCC TEM O APOIO FINANCEIRO DAS EMPRESAS TUNIKITO
TUNIKITO CORRETORA DE SEGUROS. FONE-FAX: (11) 2455.7755
- www.tunikito.com.br
Visitas desde 2005